Balada

Fui em uma festa estranha, acho que era infantil.
Todos chupavam pirulito e só queriam doce e bala.
Achei que tinha gente doente pois tomavam comprimidos
e só cheiravam vick. As pessoas pulavam muito, brincavam
de bola e malabarez. O som era diferente, parecia que
todos os cd’s estavam riscados, lembro que só dava para
ouvir um barulho: TUNTZ…! TUNTZ…! TUNTZ…!
Mas aquele som me levava a lugares mais desconhecidos
dentro de mim, meu coração acompanhava as batidas desse som.
Ali eu descobri uma paixão… MÚSICA ELETRÔNICA!!

Deixe uma resposta